NÃO BASTA SER SÓ ZELOSO E SIM CUMPRIR O ENSINAMENTO DE JESUS - CAPA BOLETIM 22-11-2020

 

NÃO BASTA SER SÓ ZELOSO E SIM CUMPRIR O ENSINAMENTO DE JESUS

O ministério terreno de Jesus foi cercado por movimentos de grupos filosóficos, políticos e religiosos que exerciam forte influência na vida do povo. Quando examinamos as páginas das Escrituras, mais especificamente os evangelhos, deparamo-nos com vários grupos religiosos. Alguns são bem conhecidos, como escribas, fariseus, sacerdotes e saduceus. Além desses, houve outros que, apesar de não terem o mesmo destaque, participaram de alguma forma da vida e ministério de Jesus, como herodianos, samaritanos, publicanos e zelotes.

“Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus”.

Zelote é uma palavra grega que significa “zeloso”. Os zelotes tinham um intenso zelo por Deus (At 21.20). Era um grupo religioso marcado por caráter militarista e revolucionário que se organizou opondo-se à ocupação romana de Israel. Também eram designados sicários (sanguinários), devido ao punhal que levavam escondido e com o qual atacavam os inimigos. Não hesitavam em usar a força, a violência e as intrigas para alcançar seu objetivo, que era libertar a nação de Israel do jugo estrangeiro.

Temos o registro bíblico de que antes de ter-se convertido e ter sido chamado ao discipulado cristão, um dos doze apóstolos de Jesus, Simão, o Zelote, havia pertencido a esse partido revolucionário, que se caracterizava pelo fanatismo religioso (Lc 6.15 e At 1.13). Aprendemos com as experiências de Jesus que: Em nenhum momento, Jesus mudou o foco do cumprimento de sua missão. Ele cumpriu o propósito do Pai até o fim. Jesus não se deixou intimidar apesar da pressão externa que sofreu durante todo Seu ministério terreno. Somos advertidos a não nos deixarmos envolver por movimentos e grupos que se levantam contra os ensinamentos de Jesus, na tentativa de apresentar outro evangelho (Gálatas 1:6-9). Que a nossa vida, o caráter e o exemplo pessoal de Jesus sejam bússolas para dirigir nossos passos na vida cristã com o Mestre Jesus.

PR. WILDES S. ROCHA

Comentários